Marketing de Afiliados: o que é e como funciona

  • Home
  • Marketing de Afiliados: o que é e como funciona
Marketing de Afiliados: o que é e como funciona

Você já ouviu falar em marketing de afiliados? A ideia de afiliação indica parceria entre a empresa e uma determinada pessoa, que passa a representar a marca no meio online. 

Ou seja, é possível obter uma comissão a partir da promoção de um produto ou serviço de outras empresas. 

No meio digital e com o uso constante das redes sociais essa ação é cada vez mais possível.

Neste aspecto, existe uma ação de marketing para divulgar um produto e um compartilhamento de renda, de modo que todos consigam ganhar com essa divulgação.

A partir dessa introdução, neste artigo, você compreenderá como esse tipo de marketing funciona, assim como é possível ganhar comissões a partir da promoção de produtos de empresas. 

Compreenderá também os benefícios dessa associação, os tipos de divulgação utilizados por afiliados e exemplos de boas plataformas para se afiliar. Confira os detalhes a seguir!

Os personagens do marketing de afiliados

Para entender como essa técnica funciona, é fundamental compreender quem participa do processo. Por isso, apresentaremos os “personagens”, ou agentes, que estão envolvidos no marketing de afiliados:

  • Comerciante ou empresário;
  • Pessoa afiliada;
  • Quem consome o produto;
  • Rede ou canal de comunicação.

Ou seja, existe uma empresa com uma equipe de marketing que vai trabalhar em cima de estratégias do inbound marketing (marketing de atração) para alcançar potenciais clientes. 

Contudo, devido ao alcance que nichos e pessoas podem apresentar, cada vez é mais frequente recorrer a esses “representante” para auxiliar na divulgação da marca e ampliação de vendas.. 

Uma das formas de trabalhar esse aspecto é divulgar o produto por meio da figura de um influencer, ou mesmo de uma pessoa que consumiu o material e que tem relevância social e deseja realizar a divulgação por meio de links e acessos específicos em troca de comissão.

Dessa forma, é possível escolher uma rede ou um canal de comunicação para que essa ação seja feita de forma estratégica, como é o caso das redes sociais e blogs, o que permite atingir os potenciais consumidores.

Benefícios de investir na ação de afiliados

Quais são os benefícios reais de investir em uma ação de marketing afiliado, que envolve todo o processo com comerciantes, empresários, a pessoa afiliada e o cliente? Listamos alguns benefícios a seguir:

  • Agrega valor ao negócio;
  • Traz rendimento para quem anuncia e para a empresa;
  • Aumenta a visibilidade de um produto ou serviço;
  • Apresenta grande potencial de gerar vendas para a empresa;
  • Pode ser inserido em diferentes plataformas digitais;
  • Reduz custos com campanhas e a administração dessas ações.

Ou seja, a empresa consegue expandir a visibilidade de sua marca por meio do trabalho de uma pessoa que monetiza seu serviço com essa ação, não precisando administrar de forma tão precisa quais campanhas estão sendo feitas e como isso está ocorrendo.

Dessa forma, essa é uma estratégia que traz benefícios tanto para a empresa como para a pessoa afiliada, promovendo o crescimento da marca e sua credibilidade. 

Formas de mensuração de resultado e rendimento

A primeira ação que pode ser realizada pelo afiliado para a divulgação é o investimento em campanhas pagas com base no Custo por Clique (CPC), que, como o próprio nome já diz, trata-se de patrocinar o link e a cada clique um valor é despendido.

Contudo, a remuneração do afiliado também pode ser baseada nesse formato de campanha. Assim, a cada acesso no site que tiver origem na ação desse afiliado corresponderá à remuneração a partir do clique. 

Ou seja, cada pessoa que clicar em um determinado anúncio fará com que a pessoa afiliada receba devido a identificação existente no link. 

A segunda ação que merece destaque é o Custo por Ação (CPA), que se trata de alguma atividade que é praticada pelo usuário, como o clique no botão de compra.

Com isso, não basta apenas que ele acesse a página pelo link do afiliado, o usuário precisa interagir com o site, por exemplo, se cadastrando na newsletter ou realizando a compra do produto.

Assim como no exemplo anterior, o formato de pagamento funciona tanto para o comissionamento do afiliado quanto para que este profissional crie anúncios na plataforma digital, ocorrendo a avaliação do valor a ser pago conforme a ação cadastrada/combinada é efetivada.

Já o Custo por Mil Impressões (CPM) é utilizado quando a publicidade é feita por meio de banner, e o pagamento ocorre a cada mil impressões (visualizações/cliques) desse banner em uma rede social ou em um blog. 

A quarta estratégia de venda e de possibilidade de lucro se dá pelo custo por venda (CPV), que trabalha acerca das pessoas ou seguidores que compram um determinado produto. 

Existem outras formas de arrecadação, assim como de pagamento e, por isso, é importante que a empresa consiga alinhar junto ao afiliado qual é a melhor estratégia a ser utilizada em cada caso. 

Os canais que podem ser utilizados para essa estratégia

Como já falamos, essa é uma estratégia que pode ser muito importante para as empresas se promoverem e para os afiliados monetizarem seu trabalho e alcançarem oportunidades de renda, afinal, existem várias possibilidades de canais que podem ser utilizados. 

A divulgação pode ocorrer, por exemplo, em um site ou blog, diretamente em um post na rede social ou com a criação de um stories para o cliente.

Existem também algumas plataformas como Monetizze e Hotmart que ajudam na segmentação do nicho de mercado específico, assim como permitem que a pessoa se filie a uma determinada empresa, otimizando o gerenciamento a alinhando o rendimento.

Dessa forma, basta escolher uma boa plataforma e um bom produto para começar a divulgar, considerando o conhecimento e o interesse, para obter bons resultados e faturamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.